CATEGORIA : Saúde
Em Curitiba, prefeito garante 10 leitos de UTI para o Município

18/03/2015

Um importante passo para a saúde de São Mateus do Sul foi dado hoje, dia 18, em Curitiba. Em reunião com o Secretário Estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, o prefeito do Município, Clóvis Ledur, recebeu a garantia de que o Estado vai equipar os 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do novo hospital da cidade. Além disso, a Secretaria da Saúde garantiu o repasse de verbas para a manutenção desses leitos durante seis meses, até que o Município consiga realizar o credenciamento do hospital junto ao Ministério da Saúde.

Na reunião, o prefeito Ledur estava acompanhado do vice Clóvis Distéfano e da Secretária Municipal de Saúde, Fernanda Sardanha. Também estavam presentes os representantes da diretoria do Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes, Michel Ulbrich e Miguel Nizer; o presidente da Câmara Municipal, Enéas Melnisk; lideranças políticas da região; e o deputado estadual Hussein Bakri, que fez a articulação do governo do Estado com os Municípios.

A Prefeitura planeja comprar o prédio do Hospital e Maternidade Dr. Paulo Paulo Fortes para viabilizar a construção de um novo hospital, mais moderno e que possa receber os leitos de UTI. Hoje, o hospital do município é administrado por uma entidade filantrópica e não possui capacidade para atender situações de alta complexidade. A construção do novo hospital também deve resolver a falta de atendimento a pacientes em situação de emergência na cidade. Hoje, pacientes em situação de emergência estão tendo que ser atendidos no Hospital do Rocio, em Campo Largo, graças a um contrato de prestação de serviço firmado pela Prefeitura.

"Nossa negociação com a administração do hospital está avançada", garante o prefeito Ledur. "Eles já têm a segurança do projeto que estamos colocando para eles da compra do prédio do hospital e a expectativa é que venham mais novidades nos próximos dias".

O Secretário Estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, elogiou o projeto da Prefeitura de São Mateus, da compra do prédio do Hospital Dr. Paulo Fortes para viabilizar a construção de um novo hospital. Caputo explica que, sempre que possível, a Secretaria tem dado condições para que os municípios possam desafogar o atendimento dos grandes centros. Isso também acontece para que o atendimento de emergência, quando necessário, seja feito no hospital mais perto possível do local de moradia do cidadão.

"Hoje, a Prefeitura de São Mateus do Sul já gasta para garantir tratamentos de maior complexidade para seus cidadãos em outros locais [como é o caso do Hospital em Campo Largo]", lembra Caputo. "Então, o projeto de compra é inteligente porque esse custo vai ficar no Município, não vai criar uma despesa nova. A Prefeitura vai qualificar a despesa e investir diretamente no Município", conclui.

O prefeito Clóvis Ledur, que já vinha conversando com o Secretário Michele Caputo Neto sobre o assunto, se mostra otimista em relação ao futuro da saúde na cidade. "Não vejo dificuldades na execução do nosso projeto e temos certeza que, com a ajuda da Câmara Municipal, da comunidade e dos sócios e diretoria do Hospital Dr. Paulo Fortes, em breve vamos viver uma nova realidade hospitalar em nosso município".

A reunião aconteceu na sala de reuniões da Secretaria da Saúde do Estado do Paraná.

O Secretário Michele Caputo Neto garantiu os equipamentos de 10 leitos de UTI para São Mateus do Sul

No centro, deputado estadual Hussein Bakri, que fez a articulação entre o governo do Estado e os Municípios de São Mateus do Sul, União da Vitória, Bituruna e São João do Triunfo.

Ouça o depoimento do prefeito Clóvis Ledur sobre o assunto: Clique aqui . Ouça também o comentário da Secretária Municipal de Saúde, Fernanda Sardanha: Ouça aqui.

Leia mais notícias sobre ações da Secretaria Municipal de Saúde